Análise preditiva: como e por que começar

Aprenda dicas fundamentais sobre como aplicar a análise preditiva em sua organização e desfrutar dos benefícios que ela proporciona.


Já pensou em como seria prever o futuro? A análise preditiva faz mais ou menos isso. Por meio da obtenção, organização e correta aplicação dos dados, é possível antever situações e, com isso, fica mais fácil se preparar para resolvê-las ou evitá-las. Por meio de técnicas de Machine Learning, mineração de dados e modelagem preditiva, aliados ao Big Data, a análise preditiva consiste em prever acontecimentos, riscos e oportunidades.

Esse tipo de análise de dados, busca padrões que permitam estabelecer relações e fazer previsões, ajudando a evitar transtornos e gastos. Essa tecnologia pode ser aproveitada por diversas áreas, e auxiliar em tarefas como entender se um produto terá bom desempenho, movimentos de mercado e antecipar quando uma determinada máquina vai quebrar, por exemplo. Hoje, separamos algumas dicas fundamentais para começar a utilizar análise preditiva em sua organização e desfrutar os benefícios que ela proporciona, confira:

Definir indicadores e metas

Analisar dados apenas por analisar não é uma boa ideia para os negócios. É necessário ter indicadores bem definidos e saber, claramente, qual é a relevância do que está sendo feito e como isso impacta na conquista das metas estabelecidas. A partir dessas diretrizes, os modelos também são desenvolvidos para ajudar a alcançá-las e medir de maneira mais efetiva, impactar o desempenho e gerar valor para a organização.

Estruturar os dados e mantê-los coesos

Garantir uma boa arquitetura da sua plataforma de dados é a base de qualquer projeto. Verificar o que já existe, o que está disponível e obter os acessos para estas informações é o primeiro passo para realizar a análise a partir das informações corretas. Também é necessário estabelecer práticas de governança de dados, que ajudam a manter sua qualidade e garantir que as análises não levem a conclusões dúbias ou equivocadas.

Ter uma equipe capacitada

Contar com profissionais experientes e competentes é a parte mais importante, pois de nada adianta um bom planejamento se não há quem o execute corretamente. É essencial que a equipe saiba manejar dados, softwares e obter insights a partir deles. Além disso, o software também tem grande importância, pois é necessário que ele seja capaz de oferecer as ferramentas necessárias para o desenvolvimento e execução do modelo preditivo.

Entender as possibilidades de aplicação

Muitas pessoas ainda não sabem exatamente do que se trata a análise preditiva e como ela funciona, muitos dos seus usos ainda são desconhecidos. Por isso, entender os tipos de soluções que ela pode oferecer é essencial, uma vez que pode ser usada em todos os setores da empresa e, na maioria das vezes, seu potencial não é totalmente explorado.

análise preditiva é uma tecnologia que está ficando cada vez mais popular, dado o seu enorme potencial de geração de valor para os negócios. O ideal é criar uma estratégia e executá-la da maneira correta, para gerar inúmeros insights inéditos e úteis. O Big Data já é presente. Aproveitá-lo em uma estratégia que extraia o melhor dos seus dados é uma grande vantagem. Para saber como, e começar a trabalhar com o melhor que a tecnologia pode te oferecer, conte conosco.  

Comentários

Últimas postagens